Pesquise Aqui!

21 de set de 2011

Diplomas, informática, exposição e incêndio em cela

 
Adão dos Anjos reclamou que pequenos problemas muitas vezes têm ganhado maior destaque que as inúmeras conquistas da Denio Moreira
IPABA – A última semana tem sido de grande movimentação na penitenciária Denio Moreira de Carvalho, em Ipaba. A direção da unidade prisional realizou a inauguração de uma sala de informática na última sexta-feira (16), dois presos estão expondo suas obras na Estação Memória, em Ipatinga, e outros detentos preparam um material para também ficar exposto no Shopping do Vale a partir do próximo sábado (24). Um pequeno incidente por muito pouco não interrompeu o fluxo normal das atividades na carceragem: um interno com problemas mentais colocou fogo em uma cela, mas ninguém ficou ferido.

O tenente Adão dos Anjos, chefe da penitenciária, reclamou que pequenos problemas muitas vezes têm ganhado maior destaque em meio à sociedade que as inúmeras conquistas da Denio Moreira, que é considerada modelo nacional de carceragem. “A sociedade não se preocupa e não acredita nas coisas boas que acontecem dentro de um presídio. Surgem boatos depreciativos e, ao que parece, muitos torcem para que as coisas terminem em uma rebelião ou motim. As pessoas querem o pior, né? Quando a gente está há 10 anos e meio mostrando o melhor não há muito interesse da sociedade”, desabafou Adão, que emendou entrevista na tarde desta terça-feira (20): “Quem conhece o nosso trabalho sabe que não maquiamos nada. Se estourar uma rebelião daqui a meia hora eu sou o primeiro a ligar para a imprensa”.

O tenente falou que tem enfrentado o “pouco caso” da sociedade com tranqüilidade. “Na sexta-feira passada nós fizemos na penitenciária a inauguração do nosso laboratório de informática. Convidamos várias autoridades, mas quase ninguém veio. Foi uma coisa muito bonita, pois agora nós temos uma escola toda informatizada. Nesta segunda-feira (dia 19) nós estivemos lá na Estação Memória, onde até o dia 30 haverá a exposição de quadros de dois artistas nossos. Outra vez  convidamos várias autoridades, mas ninguém apareceu lá. Não dá ibope, né?”, discorreu Adão. Ele ainda concluiu: “Mas pelo menos fica o convite para a população ir lá ver. Mesmo preso, o ser humano é capaz de coisas boas. A mesma mão que comete um crime, a mesma cabeça que idealiza um crime, se ela for bem direcionada, se for apoiada pela família, pelos religiosos e sociedade, propicia aos presos a condição de mostrar o lado bom deles. E eles fazem coisas maravilhosas”. Conforme Adão dos Anjos, algumas das peças produzidas pelos detentos vão participar de concursos em níveis nacional e internacional. “Teremos ainda nesse próximo sábado (dia 24), em uma exposição que vai ter lá no shopping, um ‘stand’ nosso também. Se quiserem ver o que é produzido pelos presos é só ir lá”, revelou Adão.

Formandos
“Nós também estamos encerrando na Denio Moreira a entrega de certificados para 22 de presos que terminaram o curso de marcenaria. Ano passado nós tivemos 19 cursos aqui, qualificando os presos para o trabalho. Muitos saem melhor que quando aqui entraram e conseguem trabalhar lá fora. 40% dos detentos que passam por Ipaba e quiseram trabalhar não retornaram ao crime. A nossa proposta é que se a gente conseguisse reeducar um, já estávamos fazendo muito”, avaliou o tenente, que ainda falou do preso responsável pelo pequeno incêndio: “Ele nem vai responder pelo ato que fez, pois tem problemas psiquiátricos. Há 90 dias ele veio de um hospital em Barbacena: a gente o mandou para lá para fazer um tratamento e achávamos que ele havia recuperado”.
FONTE: JVAONLINE

Voz do Povo

Compartilhe

Vídeos Ipaba

Loading...