Pesquise Aqui!

28 de jan de 2016

Mãe é presa suspeita de espancar e matar criança em Ipaba, MG

Laudo pericial confirmou que o bebê, de três meses, também foi asfixiado.
PM foi acionada após a mulher levar a criança já morta ao posto de saúde.


Está presa em Ipatinga, no Vale do Aço, uma mulher de 20 anos suspeita de ter matado, o próprio filho, um bebê de três meses. A morte foi confirmada nessa quarta-feira (27) depois que ela levou a criança para ser atendido em um posto de saúde em Ipaba (MG). O menino apresentava vários hematomas pelo corpo e segundo a médica de plantão, já chegou ao local sem vida.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Ipatinga. De acordo com o médico legista, o laudo da perícia confirmou que a criança foi morta por asfixia e espancamento.

Segundo o boletim de ocorrências da Polícia Militar, a mulher negou ter assassinado o bebê. “Ela contou que há uma semana caiu com a criança, mas que não notou nada de anormal. Quando perguntamos sobre os hematomas, ela informou que deu um chá para a criança, e acredita que isso tenha causado os roxos. A mulher também disse que as lesões no rosto foram ocasionadas pelas próprias unhas do filho" explica o soldado da PM, Aroldo Gomes.

Ainda de acordo com o militar, o pai da criança informou que nunca notou que a mulher era agressiva com a criança. Ele prestou depoimento na delegacia da Polícia Civil e foi liberado. O caso será investigado pela PC.

O corpo do bebê está sendo velado na manhã desta quinta-feira (28), na igreja católica do Ipaba e deve ser enterrado no fim da tarde no cemitério da cidade.

Bebê chegou ao posto de saúde do Centro de Ipaba, já sem vida (Foto: Welington Silveira / Inter Tv dos Vales)

Voz do Povo

Compartilhe

Vídeos Ipaba

Loading...