Pesquise Aqui!

24 de mar de 2012

Homem mata mulher a facadas na frente da filha

Após assassinato, homem tenta suicídio e esconde objeto do crime debaixo do colchão
IPABA (MG) - José de Fátima Dias, 55 anos é acusado de matar a mulher na frente da sua filha na tarde desta quarta-feira 21 de março, em Ipaba. A vítima fatal, Maria Catarina Rocha, 55 anos, estava na cozinha quando foi agredida por José de Fátima. De acordo com relatos de testemunhas, este seria o segundo homicídio praticado por ele, que já teria cumprido pena no presídio da cidade por ter matado sua primeira esposa.
 O assassinato foi registrado na rua Pouso Alegre, no bairro Nossa Senhora das Graças. Abalada, a filha da vítima, Luciana Rocha, 29 anos, que teria presenciado o crime, teve que ser amparada por populares.
Conforme informações levantadas pela polícia, a mãe de Luciana Rocha, que era viúva e foi morta com 15 facadas pelo atual esposo, teria conhecido o assassino logo após ele ter saído da cadeia.
Após efetuar vários golpes na mulher, José de Fátima tentou suicídio no quarto do casal. Ele foi encontrado pelos militares caído em cima da cama, com quatro ferimentos no tórax.

 A faca utilizada no crime foi encontrada escondida debaixo do colchão, ainda suja de sangue. Ao que tudo indica, ela teria sido comprada há pouco tempo, pois ainda se encontrava com a etiqueta de R$ 5,90 pregada em seu cabo.
Os peritos Gilmar Miranda e Isaque Vasconcelos estiveram no local do assassinato juntamente com o delegado regional Ricardo Cesari, onde realizaram os serviços de praxe e liberaram o corpo para o IML. O suspeito de ter praticado o homicídio foi encaminhado ao Hospital Márcio Cunha. Segundo levantamentos, José de Fátima, que deveria ser liberado ainda nesta quarta-feira (21), seria autuado em flagrante por homicídio.

Abalada, a filha da vítima, Luciana Rocha, de 29 anos, que teria presenciado o crime, teve que ser amparada por populares
FONTE: JORNAL VALE DO AÇO – FOTOS: AKR

Região pode ganhar mais um DI

Empresários buscam apoio para novo empreendimento em Ipaba 
 
 
IPABA – Empresários interessados na implantação do Distrito Industrial de Ipaba deram mais um passo rumo à consolidação do projeto, que já conta com quase 20 empresas do Vale do Aço. Na quinta-feira, 22, o grupo se reuniu com o prefeito José Vieira (DEM), secretários municipais e vereadores para apresentar detalhes do empreendimento que, após ser concluído, deve gerar cerca de 3.000 empregos diretos, conforme os empresários.
A Associação dos Empresários do Vale do Aço (Aemva) negocia com a Cenibra a aquisição de área de 50 hectares, próxima à estrada que dá acesso à BR-458. “A gente reconhece que o envolvimento do município é fundamental para o sucesso do empreendimento. O Distrito Industrial de Ipaba é um importante projeto que trará desenvolvimento econômico e novas oportunidades de trabalho, melhoria da renda da população, além de contribuir significativamente para o desenvolvimento do Vale do Aço”, lembrou José Vieira, afirmando que o DI será direcionado para indústrias de pequeno e médio porte, com foco no mercado da Região Metropolitana.
José Vieira ressaltou as potencialidades do município para receber novos empreendimentos industriais. “Este é o segundo Distrito Industrial que sairá do papel após esforço do governo municipal. No primeiro, em 93, iniciamos a discussão do empreendimento, que hoje atende quatro empresas no Distrito Industrial do Vale Verde. Outro ponto positivo é que, em breve, grandes obras, como o empreendimento Parques do Vale, serão executadas e contribuirão no sentido de aperfeiçoar, cada vez mais, as operações feitas no Distrito”, disse.
Vieira informou que a administração municipal busca recursos para investir em infraestrutura no terreno, para facilitar a instalação das empresas. Outra preocupação é com a segurança, com a previsão de instalar uma Companhia da Polícia Militar próximo ao DI.
Boas condições
O movimento de viabilização do Distrito Industrial de Ipaba vem conquistando espaço gradativamente. “A procura se deve às boas condições de estrutura oferecidas pela administração municipal”, reconhece o empresário Wagner Montenegro Rocha, diretor presidente da MR Solução em Perfurações, uma das empresas interessadas em se fixar no Distrito Industrial.
A Associação de Empresários enviará um ofício com proposta de pagamento à Cenibra para a compra da área. O terreno, que teve cerca de 15 hectares transformados em Área de Preservação Ambiental, deverá ser adquirido por R$ 4 milhões, a serem pagos em quatro parcelas. Os empreendedores do DI de Ipaba voltam a se reunir na próxima terça-feira (27), a partir das 18h, na sede regional da Fiemg, no bairro Cidade Nobre, em Ipatinga.
FONTE: Jornal Diario do Aço

21 de mar de 2012

Homem é suspeito de matar esposa a facadas em Ipaba

Ele já teria sido preso uma vez suspeito de matar outra esposa.
Filha da vítima presenciou o crime

 

Uma mulher de 55 anos, dona de um bar em Ipaba, na Região Leste de Minas Gerais, foi assassinada a facadas nesta quarta-feira (21). Segundo o delegado Ricardo Sesari, o principal suspeito é o companheiro da vítima, que, motivado por ciúmes, teria dado 15 facadas na esposa, sendo 12 no tórax e três no braço esquerdo.

A filha da vítima, de 29 anos, chegou em casa e encontrou o padrasto esfaqueando a mulher. Assustada, a jovem foi até a rua pedir por socorro. Quando os militares chegaram ao local, a vítima já estava morta e o suspeito com alguns ferimentos leves. Sob escolta, ele foi encaminhado ao Hospital Mário Cunha, em Ipatinga, na Região do Vale do Aço. Na manhã desta quinta-feira (22), ele foi levado ao Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) de Ipatinga.

Ricardo Sesari acredita que o crime tenha sido premeditado, pois a faca utilizada ainda estava com a etiqueta indicando o preço. Outra indicio é a existência de cartas anônimas que sugeriam que a esposa estivesse traindo o suspeito. De acordo com o delegado, as cartas podem ter sido escritas pelo próprio autor do crime.

Ainda segundo o delegado, o homem já teria sido preso uma vez suspeito de ter assassinado outra esposa que estava grávida.
 Fonte: G1

 

19 de mar de 2012

De 6 mil imóveis apenas 400 possuem escritura em Ipaba

O problema da falta de registro se arrasta por mais de 20 anos
 
Dos seis mil imóveis da cidade de Ipaba, apenas quatrocentos possuem escritura. O problema da falta de registro se arrasta por mais de 20 anos. Um mutirão é realizado no município para tentar regularizar a situação.

Voz do Povo

Compartilhe

Vídeos Ipaba

Loading...