Pesquise Aqui!

1 de set de 2010

Vamos Rir um Pouco?

PIADAS DE ADVOGADO:

Um advogado casou com uma mulher que havia sido casada oito vezes. Na noite de núpcias, no qarto do hotel a noiva disse: - Por favor meu bem, seja gentil. Ainda sou virgem!!! Perplexo, sabendo que ela havia sido casada oito vezes, o noivo pediu para que ela se explicasse. - Ela respondeu: - Meu primeiro marido era psicólogo. Ele só queria conversa sobre sexo; - Meu segundo marido era ginecologista. Ele só queira examinar o local; - Meu terceiro marido era colecionador de selos. Ele só queria lamber; - Meu quarto marido era gerente de vendas. Ele dizia que sabia que tinha o produto, mas não sabia como utiliza-lo; - Meu quinto marido era engenheiro. Ele dizia que compreendia o procedimento básico, mas que precisava de três anos para pesquisar, implementar e criar um método de utilização; - Meu sexto marido era funcionário público. Ele dizia que compreendia perfeitamente como era, mas que não tinha certeza se era da competência dele; - Meu sétimo marido era técnico de informática. Ele dizia que se estava funcionando, era melhor ele não mexer; - Meu oitavo marido era analista de suporte. Depois de dar uma olhada, ele disse que as peças estavam todas perfeitas, mas que não sabia porque o sistema não funcionava. - Por isso agora estou me casando com um advogado. - Por que eu? - Disse o advogado. - Porque tenho certeza que você vai me foder...

Vamos Rir um Pouco?

PIADAS DE ADVOGADO:

Certa tarde, um bem sucedido advogado estava sendo conduzido em sua limusine para seu sitio, quando observou dois homens maltrapilhos comendograma ao lado da estrada. Ele ordenou imediatamente ao motorista que parasse, saiu do veículo e perguntou: - Por que vocês estão comendo grama? - Porque nós não temos dinheiro para comprar comida, respondeu um dos homens. - Bem, você pode vir comigo para o sítio disse o advogado. - Senhor, eu tenho uma esposa e três filhos aqui. - Traga-os também replicou o advogado. - E quanto ao meu amigo?! O advogado virou-se para o outro homem e disse: - Você pode vir conosco também. - Mas, senhor eu também tenho esposa e seis filhos, disse o segundo homem. - Eles podem nos acompanhar também, disse o advogado enquanto se dirigia de volta à limusine. Todos se acomodaram como puderam na limusine, e quando já estavam a caminho, um dos acompanhantes disse: - O senhor é muito gentil. Obrigado por levar-nos a todos com o senhor. O advogado respondeu: - De nada !!! Vocês irão adorar meu sitio. A grama esta com quase um palmo de altura !!!!!

Prefeitura de Ipaba é multada por violar termo de ajustamento de conduta

Em 2004, um termo de ajustamento de conduta foi firmado entre a prefeitura de Ipaba e o Ministério Público. Nele estava prevista a recuperação do lixão, que, na época, funcionava sem licenciamento ambiental. O TAC não foi atendido. Dois anos depois, firmou-se um novo.

Dessa vez, projetos para a construção de um aterro e uma usina de reciclagem de lixo deveriam ser apresentados pela prefeitura. Todas as licenças junto aos órgãos competentes teriam que ser providenciadas e a área utilizada deveria ser recuperada. O prazo terminou em agosto de 2007 e até hoje nada foi feito.

Com base no não cumprimento dos dois termos de ajustamento de conduta, a promotoria entrou com uma ação de execução pedindo o imediato embargo do lixão e bloqueio das contas públicas municipais, a não ser aquelas que têm vínculos com serviços considerados essenciais, como saúde e educação. Além disso, a ação determinou que esta área seja recuperada em até 30 dias.

Todo o lixo produzido diariamente na cidade, cerca de 8 toneladas, é depositado no lixão. As únicas exigências do MP cumpridas até agora foram o cercamento e a sinalização do local.

A cidade de pouco mais de 16 mil habitantes tem uma receita mensal de R$ 1,1 milhão. Verba que, segundo o prefeito, não é suficiente para a realização das obras solicitadas. Ele disse que já tem o terreno para a construção do aterro, uma área de quatro hectares localizada na zona rural da cidade. Afirmou também que já possui o projeto de construção da usina de reciclagem, orçado em R$ 950 mil. O que falta para o cumprimento dos termos são os recursos.

Por causa do não cumprimento dos termos de ajustamento de conduta, a prefeitura de Ipaba foi multada em R$ 1 milhão. A promotoria aguarda a decisão do juiz para que a cobrança seja executada.

Voz do Povo

Compartilhe

Vídeos Ipaba

Loading...