Pesquise Aqui!

3 de fev de 2012

Trinta toneladas de donativos, 40 famílias e uma fraude

Prefeitura de Ipaba, no Vale do Aço, é suspeita de ter ‘forjado’ tragédia para receber doação



LUÍS JÚNIOR/PREFEITURA DE IPABA/DIVULGAÇÃO
ipaba
Dois caminhões, com placas de Belo Horizonte, chegaram com as 30 toneladas de donativos


A Prefeitura de Ipaba (Vale do Aço) é acusada de ter ‘criado’ uma tragédia na cidade, durante o período das chuvas, que assolam algumas regiões de Minas desde o final do ano passado. Como recompensa, foram repassados para o Executivo, pelo programa ‘Minas Solidária’, 30 toneladas de donativos. As doações foram feitas, após a prefeitura ter decretado estado de emergência.

A própria Defesa Civil de Ipatinga, que atende ao município vizinho, não confirma que 40 famílias, que moram na periferia do município, teriam sido atingidas pelas chuvas. A Prefeitura de Ipatinga, responsável pelo rastreamento das cheias na região, também confirma que Ipaba fica a 140 metros acima do leito do Rio Doce, responsável por estragos nas cidades vizinhas.

As denúncias partiram de vereadores, moradores e de representantes da Cooperativa dos Educadores, que conta com 400 cooperados. Conforme as denúncias, não foram registrados desabrigados no período de chuvas. “A cidade não sofre a ponto de decretar estado de emergência. Acreditamos que os documentos foram forjados. Além disso, fica o vereador Weber Paschoal (DEM) distribuindo as coisas”, disse o representante da cooperativa, José Batista.

Como a cidade recebeu os donativos, as 40 famílias teriam de receber 750 quilos de comida, eletrodomésticos, colchões, brinquedos e roupas. A manobra, segundo a denúncia, teria sido feita para turbinar a campanha à prefeitura do vereador do DEM, aliado do atual prefeito, José Geraldo, também do DEM.

Geraldo retornou à prefeitura, em dezembro, depois de ter sido afastado por supostas irregularidades. Procurado, o prefeito negou a fraude. “Eles alegam mentiras. Isso já deu até polícia”. O prefeito se referiu a um boletim de ocorrência, registrado na delegacia, ontem, depois de ‘discutir’ com um homem, que teria levado a denúncia aos vereadores. Questionado sobre o número de desabrigados, desconversou. “Não sei de cor. Me liga depois que arrumo alguém para te falar”, limitou-se.

As doações fazem parte do programa ligado ao Serviço Voluntário de Assistência Social de Minas (Servas) e à Cedec. Segundo o Major Edilan Arruda, secretário de Comunicação da Defesa Civil, os donativos são entregues para as cidades que apresentam os documentos e decretam estado de emergência. Quanto à denúncia de Ipaba, ele orienta que os moradores acionem o Ministério Público Estadual (MPE).

Para decretar estado de emergência, o prefeito deve encaminhar aos órgãos federal e estadual um documento com o ‘croqui’ das áreas afetadas, fotos e ocorrências, junto com a ficha de avaliação de danos. Após a análise, os órgãos tomam a decisão.

CONFIRA ABAIXO OS LINKs DOS PRINCIPAIS JORNAIS QUE DESTACARAM ESTE GOLPE DO ATUAL PREFEITO DE IPABA JOSE VIEIRA, E DO VEREADOR EBINHO EM 2012.
JORNAL DE LEOPOLDINA:
http://www.leopoldinense.com.br/base.asp?area=noticias&id=8626
JORNAL HOJE EM DIA:
http://www.hojeemdia.com.br/noticias/politica/trinta-toneladas-de-donativos-4...
JORNAL VALE DO AÇO:
http://www.jvaonline.com.br/novo_site/ler_noticia.php?id=95737
JORNAL DIARIO DO CONCRESSO:
http://diariodocongresso.com.br/novo/2012/02/30-toneladas-de-donativos-40-fam...
JORNAL DE RIBEIRÃO DAS NEVES:
http://amigosderibeiraodasneves.wordpress.com/2012/02/03/trinta-toneladas-de-...

Voz do Povo

Compartilhe

Vídeos Ipaba

Loading...