Pesquise Aqui!

28 de abr de 2014

Mulher é morta a pauladas e facadas por ex-companheiro em Ipaba

Ex-namorado e amigo teriam matado a vítima. 
Autores confessaram o crime e foram presos.


Uma mulher de 33 anos, conhecida como Sueli foi morta a pauladas e facadas na noite desse domingo (27), no Centro deIpaba(MG). Segundo informações da Policia Civil, o crime teria sido por motivo passional. Os dois homens suspeitos do homicídio foram presos horas após cometerem o assassinato.

De acordo com o delegado Washington Moreira, um dos autores, de 24 anos, teria tido um caso no passado com a vítima. Na tarde desse domingo ele e um amigo teriam procurado a ex-companheira e os dois começaram uma discussão.
"No momento da prisão os dois autores confessaram e contaram como foi o crime. Segundo o ex-companheiro, ele discutia com a mulher quando o comparsa, um jovem de 18 anos, segurou a vítima, e o outro homem começou a esfaquear e dar golpes de pauladas na mulher, até matá-la", diz.
O delegado conta ainda que o corpo da vítima ficou desfigurado, e que os suspeitos disseram que tinham somente a intenção de assustar.
"Os dois presos confessaram que na hora da raiva queriam somente bater na vítima, não matar. O amigo de 18 anos segurou a mulher e o ex-companheiro bateu. Os dois serão indiciados como homicídio", diz.
Eles foram encaminhados para delegacia de Ipatinga e foram ouvidos. Em seguida serão encaminhados para o Ceresp.
Fonte: G1.com

Obs.: Qual será o fim da vida desses monstros?

Jovem mata namorada e coloca a culpa no ex da vítima no interior de MG

Suspeito chegou a arrastar o corpo para o local onde o outro homem mora; comparsa também foi preso

Por CAROLINA CAETANO


  Um homem de 24 anos foi preso após matar a companheira a facadas e pauladas, nesse domingo (27), em Ipaba, no Vale do Rio Doce. Após o homicídio, ao ser abordado, ele acusou o ex-namorado da vítima.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo de Celimar Gomes, de 26, foi encontrado dentro de uma barraca de uma área invadida na rua Natal, no bairro Paraíso. Ela apresentava várias lesões. Próximo ao corpo da dona de casa estava uma placa com o nome do seu ex-companheiro.

Militares fizeram contato com os outros moradores do local e descobriram que realmente a barraca pertencia ao homem. Após rastreamentos na região, ele foi localizado, mas negou o crime. Horas depois, por meio de denúncias anônimas, a polícia descobriu que a mulher estava em outro relacionamento e conseguiu localizar Adequias Silva Reis nos arredores do local do crime.

Ao ser questionado, ele também negou o assassinato e perguntou se o ex da vítima não seria preso, uma vez que o corpo foi encontrado no local em que ele vivia. Além disso, o suspeito chegou a questionar se o outro homem ficaria muito tempo na prisão.

Durante a conversa com os policiais, Reis ficou nervoso e entrou em contradição. Em seguida, confessou o crime. No entanto, não esclareceu a motivação. O assassino confesso disse que contou com a ajuda de um amigo, Mateus Júnior Gomes, de 18 anos, para matar Celimar. Os dois foram levados para a delegacia de Ipatinga, na mesma região.


O corpo da mulher deve ser sepultado nesta segunda-feira (28).

Jornal O Tempo

Homem executa namorada a facadas e pauladas

Autor confesso relatou que assassinou a namorada, que o ameaçava, com a ajuda de um comparsa



IPABA - Dois homicídios foram registrados em menos de 24h no Vale do Aço. Os crimes ocorreram em Ipaba e no distrito de Perpétuo Socorro, município de Belo Oriente. Duas mulheres foram as vítimas.
Na rua Natal, área invadida de Ipaba, a vítima foi Celimar Gomes, de 33 anos, morta por volta das 21h de domingo. A Polícia Militar informou que foi acionada com a informação de que havia um corpo caído dentro de uma barraca. No local, encontraram a vítima caída, já sem vida e com perfurações pelo corpo. Na barraca, a PM encontrou uma placa com o nome de um ex-namorado da vítima.
A perícia da Polícia Civil compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe. O corpo de Celimar foi encaminhado ao IML de Ipatinga.
Testemunhas informaram a PM que o autor seria o ex-namorado da vítima. Em conversa com o suspeito, ele negou a autoria do crime. Dando continuidade às buscas, a polícia recebeu a informação de que um homem conhecido como Adequias Silva Reis, de 24 anos, seria o atual namorado de Celimar.
Diante das informações, militares se dirigiram a casa do indivíduo; ele negou os atos. Em buscas na casa de Adequias, nenhum objeto ilícito foi localizado. Ao ser questionado novamente, Adequias se contradisse e se apresentava nervoso.
Após longa conversa com os militares, ele confessou a autoria dos fatos e informou que utilizou um pedaço de pau  e uma faca para cometer o delito. Ele ainda contou que teve a ajuda de Mateus Junior Gomes, de 18 anos, para praticar o crime.
A polícia foi à casa de Mateus, que confirmou envolvimento no crime. Ele contou que segurou Celimar enquanto Adequias a executava.
Adequias relatou à polícia que a motivação do crime foram ameaças que a vítima o fazia. Os autores foram presos e encaminhados a Delegacia de Polícia de Ipatinga.

Voz do Povo

Compartilhe

Vídeos Ipaba

Loading...